EXERCÍCIOS FÍSICOS GARANTEM SAÚDE MENTAL


A interação mente-corpo está sendo cada vez mais alvo de interesse por parte não apenas dos médicos e dos atletas profissionais, mas da população em geral e das empresas. Uma onda de práticas desportivas, envolvendo mais e mais pessoas, está a motivar profissionais da área de saúde a focarem a sua atenção na estreita relação que existe entre o exercício físico e o bem-estar emocional. As empresas estão também a mobilizar-se para proporcionar aos empregados momentos de lazer em que se incluam exercícios físicos, apostando em um retorno positivo em termos de productividade e de integração com os funcionários.

Numa entrevista conduzida pela revista BoaSaúde (Brasil) junto do médico Dr.Renato Monteiro ficamos a saber como o exercício físico pode afectar positivamente a saúde mental.

- De que foma os exercícios ajudam a oxigenar o cérebro, que tipo de hormonas o organismo liberta e quais os seus factores positivos?
Dr. Monteiro: Os exercícios físicos actuam aumentando o fluxo sanguíneo nos tecidos, havendo, por conseguinte, um aumento na oferta de oxigênio. Esse elemento (o oxigênio), segundo os orientais, é considerado como a energia vital denominado "chi" (pronuncia-se "qui"). Ao realizarmos exercícios, existe um aumento na quantidade de hormônios circulantes no organismo, os quais aumentam o metabolismo e fazem nosso corpo "trabalhar" em um ritmo mais intenso, deixando-o "treinado" para outros momentos em que necessitemos desse preparo físico. Hoje, é sabido que o simples facto de caminhar liberta endorfinas, substâncias essas que, entre outras coisas, diminuiem a sensação da dor.

- Qual é o melhor horário para se praticar exercícios e a que distância dos horários das refeições?
- A actividade física deve ser praticada moderadamente, sempre dentro dos limites de cada pessoa, pois a exposição à exaustão em condições não ideais (muito calor, muito frio, "estômago cheio") não conduz ao resultado positivo desejado.

- Que pessoas respondem melhor aos exercícios físicos, homens ou mulheres? Existe essa distinção?
- Não, não existe diferença de sexo para a actividade física.

- Existe algum livro especialmente indicado para este assunto 'exercício físico e saúde mental', para a comunidade leiga?
- A quantidade de livros existente sobre o assunto é bastante extensa, inclusive com abrangência de tópicos específicos, sendo facilmente encontrados nas livrarias tradicionais.

- Os exercícios físicos podem reduzir o índice de cirurgias, de doenças e de faltas ao trabalho? Por quê?
- Desconheço qualquer estatística mostrando a redução do índice de cirurgias nas pessoas que cultivam os exercícios físicos, mas é bem conhecido seu efeito benéfico, principalmente na área cardiovascular (coração - pressão arterial- colesterol).

- O que é melhor - exercícios feitos em grupo, ou individualmente?
- Cada pessoa tem uma preferência, sendo que não existe diferença entre ser feito em grupo ou individualmente, o que realmente "conta" é fazê-lo com freqüência e constância.

- Conhece empresas que empregam exercícios físicos, para melhorar o desempenho dos funcionários? Como isso se dá?
- As empresas modernas estão se voltando para a realização de exercícios físicos dirigidos para melhoria na preparação dos músculos utilizados durante o trabalho, da mesma maneira que o atleta faz o "aquecimento e alongamento" antes da competição – o princípio é o mesmo.

- Quais seriam as descobertas mais recentes sobre exercícios e o equilíbrio mental?
- O Ocidente está descobrindo agora o que o Oriente faz há milênios, ou seja, o uso de técnicas próprias tipo Tai Chi Chuan e outras para a harmonização interior.

De acordo com o Prof. Tony Meireles dos Santos, do Center for Desease Control (1996), algumas sugestões para a prática da actividade física, são bastante úteis para quem deseja beneficiar-se delas e, com isso, alcançar mais saúde, de uma forma geral, e, especificamente, um estado maior de equilíbrio, inclusive mental. Ei-las:
- para iniciar sua actividade com mais segurança, consulte um médico e um professor de educação física;
- escolha as actividades que você realmente goste;
- seleccione horários e opções compatíveis com seu estilo de vida;
- nos primeiros meses, objective valores como prazer, sucesso na realização das actividades, satisfação pessoal etc.;
- incorpore a actividade física ao seu dia a dia: ande mais a pé, suba mais escadas, pratique mais desporto, etc.;
- se possível, seleccione as actividades que possam ser realizadas com seus amigos e/ou família.