Programa de Optimização Cerebral

Adultos

O PRINCÍPIO DA UTILIZAÇÃO DO CÉREBRO INTEIRO
A melhoria do desempenho começa quando as pessoas são estimuladas a utilizar todo o cérebro simultaneamente. Como? Desenvolver actividades do tipo nadar, dançar, fazer ginástica, ouvir ou tocar música, jogar xadrez, fazer arte.

O PRINCÍPIO DA ÁGUA
A água é o “solvente mágico” para as partículas carregadas que conduzem o impulso da informação através dos axónios. Como? Beber oito copos de água por dia. Quando em stress, aumentar para dezasseis copos de água.

O PRINCÍPIO DO OXIGÉNIO
O cérebro funciona na base do oxigénio. Os movimentos enriquecem o cérebro de oxigénio. Como? Realizar exercícios de respiração antes e durante e trabalho e, principalmente, em actividades de aprendizagem. Dica útil: ter plantas naturais em casa e no trabalho.

O PRINCÍPIO DA ALIMENTAÇÃO
Além de oxigénio, o nosso cérebro funciona na base da glicose. Ele retira a energia que precisa da comida que se ingere e do oxigénio que se respira. Num adulto, o cérebro usa cerca de 20% da energia total. Para ter energia, o cérebro precisa de muita glicose. Por isso, frutas e vegetais são fundamentais na sua alimentação. Como? Incluir uma variedade de alimentos na dieta. Fazer um bom pequeno-almoço. Comer, ao almoço, uma refeição leve leve, com salada. Manter o peso ideal. Evitar comidas processadas industrialmente.

O PRINCÍPIO DO MOVIMENTO
Quanto mais nos movimentamos, mais conexões são criadas dentro do cérebro. “O movimento é a porta para a aprendizagem” (Dennison). Uma completa elaboração da informação se inicia quando o corpo começa a movimentar-se. Como? Fazer exercícios pelo menos 30 minutos por dia. No trabalho, realizar movimentos de alongamento, cruzamentos laterais, mexer com os pés (enquanto pensa e aprende); outras actividades que nos retirem da imobilidade.

O PRINCÍPIO DO PENSAMENTO POSITIVO
Quando as pessoas se permitem ter pensamentos negativos, elas segregam inibidores químicos que bloqueiam ou limitam o fluxo de impulsos electroquímicos. Por outro lado, ao ter pensamentos positivos, segregam neurotransmissores que facilitam o pensamento, a aprendizagem e a criatividade. Como? Mudar a autoconversa com o cérebro (estado mental positivo). Fazer uma auto-avaliação honesta. Tomar a decisão de mudar. Estabelecer uma meta positiva. Escolher torna-se um optimista.

O PRINCÍPIO DO DESAFIO E DA NOVIDADE
Quanto mais usarmos o cérebro (independente da idade), mais alta se mantem a nossa performance. O cérebro permanece mais denso, quanto mais o usarmos. Quando o cérebro é estimulado por desafios e novas experiências, novas conexões entre neurónios são formadas que, por sua vez, formam permanentes caminhos neuronais. Como? Criar novos desafios. Pensar fora do habitual: ser criativo. Sair da zona de conforto. Expor-se ao que é novidade. Aprender coisas novas. Mudar efectivamente.
-
A velocidade a que o cérebro processa o seu trabalho faz com que, quando pensamos que sabemos qualquer coisa, já o cérebro concluiu o seu trabalho. O cérebro realiza o seu trabalho automaticamente e muito antes do nosso conhecimento consciente. É de cerca de meio segundo antes.