Vitaminas e minerais para o cérebro!

Vitamina B1 (tiamina). Em dose mais elevadas, pode diminuir as crises de depressão e ansiedade. Vitamina B6 (piridoxina). Contribui para a produção de antidepressivos naturais do organismo como a dopamina e a noradrenalina (neurotransmissores produzidos no cérebro). Vitamina B12 (cobalamina). Reduz a irritabilidade, melhora a concentração, aumenta a energia e mantem a saúde do sistema nervoso. Ácido Pantoténico. Relaxante natural da tensão emocional. Vitamina C. Ajuda a combater o stress. Colina. Tem efeitos calmantes. Vitamina E (forma seca). Ajuda os neurónios a absorverem o oxigénio de que necessitam para o seu bom funcionamento. Ácido fólico (folacina). Em quantidade deficiente no cérebro pode concorrer para o aparecimento de perturbações mentais. Zinco. Promove a atenção e contribui para o bom desempenho das funções intelectuais. Magnésio. Mineral anti-stress. Manganésio. Diminui a irritabilidade. Niacina. Melhora o desempenho do sistema nervoso em geral. Cálcio. Alivia a tensão e a irritabilidade. Tirosina. Aumenta a produção de antidepressivos existentes no cérebro tais como a dopamina e a noradrenalina. Triptofano. Em conjugação com a vitamina B6, niacina e magnésio ajuda à sintetização de uma substância química do cérebro - a serotonina - que é um tranquilizante. Fenilalanina. Fundamental para permitir a libertação dos antidepressivos dopamina e noradrenalina produzidos pelo cérebro.
Antes de iniciar qualquer tratamento que envolva a ingestão de suplementos revigorantes, consulte os nossos serviços, o seu médico ou o seu farmacêutico. Doses elevadas ou inadequadas podem causar danos à sua saúde.