Notas

Notas

ENVELHECIMENTO E PERDA DE MEMÓRIA (palestra)



A comunidade científica está a redescobrir o cérebro, muito em especial o seu processo de envelhecimento. Isto é deveras importante porque o aumento da expetativa de vida está no seu máximo em toda a história conhecida da humanidade.

O número de idosos não só está a crescer como muitos estão a ultrapassar os 100 anos de vida, sendo expectável que dentro de pouco tempo o limite dos 115 anos de idade seja facilmente ultrapassado.

Um dos problemas do envelhecimento cerebral são as alterações da memória - uma aptidão fundamental de todos os seres vivos, incluindo, sobretudo a dos humanos.

A perda da capacidade de memorização como da retenção e da lembrança é muito variável de pessoa para pessoa. Os diferentes tipos de memória sofrem desgastes diferentes mas em alguns casos pode verificar-se uma preservação invejável.

Este é o tema da minha palestra nesta realização da CM Status.

Nelson S. Lima